PM esmurra e faz insultos racistas a jovem de black power: ‘desgraça de cabelo’; veja vídeo

Caso de violência policial em Salvador será investigado pela Corregedoria

Uma abordagem policial em Salvador terminou com murros e chutes dados nas costas de um jovem negro, além de insultos racistas por parte de um PM. A ação foi gravada de dentro de um imóvel, sem que os policiais envolvidos na abordagem percebessem, e divulgadas nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (3).

Nas imagens, que serão analisadas pela Corregedoria da corporação (ver mais abaixo), um policial esmurra um jovem negro que estava sendo revistado ao lado de outro homem.

Na abordagem truculenta, o PM retira a boina do jovem que usa cabelo no estilo black power e a joga no chão. Ao ouvir o rapaz dizer que é trabalhador, o PM retruca:

"Você pra mim é um ladrão. Você é vagabundo! Essa desgraça desse cabelo. Tire aí [o chapéu], vá! Essa desgraça aqui. Você é o quê? Você é trabalhador é, viado?"


Durante os ataques, o PM é chamado por um colega, que não aparece nas imagens, para deixar o local.

A data e local do vídeo ainda não foram confirmados, mas um dos primeiros a divulgar foi o ativista social Raull Santiago, criador e integrante do Coletivo Papo Reto, grupo com sede no Rio de Janeiro que atua na denúncia de violações de direitos humanos especialmente nas comunidades carentes do país.

Na postagem, Santiago condena a violência policial e o teor racista das insinuações de que o homem não trabalha.

“VIOLÊNCIA POLICIAL | “VOCÊ PRA MIM É LADRÃO, VOCÊ É VAGABUNDO... COM ESSA DESGRAÇA DESSE CABELO AQUI” disse o policial e em seguida PUXA O CABELO DO RAPAZ, QUE ESTÁ EM POSIÇÃO DE REVISTA E COMEÇA A ESPANCA-LO, repito, estando ele rendido e com a mão na cabeça. | Recebi esse vídeo a pouco, não sei de onde é essa polícia, mas na sequência da postagem, printei partes do vídeo onde podemos tentar identificar o criminoso de farda e como último vídeo, postei um recorte com repetições no momento do puxão de cabelo e das agressões diversas. | Vamos identificar o “brabão” de farda! Espalhem esse absurdo! Que revoltante. ???? RACISTAS: “você pra mim é ladrao, com essa desgraça de cabelo” disse o policial antes de puxar o cabelo do rapaz é espanca-lo. RACISTAS!”

Nos comentários da postagem, os seguidores dizem se tratar de uma gravação feita em Salvador.

Em nota, a assessoria da Polícia Militar informou a corporação "não preconiza com a violência e rechaça todo e qualquer tipo de conduta violenta". Além disso, confirmou que o vídeo será encaminhado para a Corregedoria-Geral da PM para ser analisado.

Correio 24 Horas