Jacobina registra mais 3 casos de coronavírus; total sobe para 23


Subiu para 23 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19) em Jacobina. A confirmação de mais três casos positivos foi feita neste sábado (16), pela Secretaria Municipal da Saúde, através de boletim epidemiológico.

Dos três novos pacientes testados positivos, um foi registrado no Tombador, fazendo subir para 10 o número de pessoas infectadas por Covid-19 na comunidade. Outro é morador do bairro da Matriz, no centro da cidade. O terceiro é um um caso importado do município de Umburanas que foi registrado em Jacobina.

Combate ao coronavírus

Por conta do aumento rápido no número de casos de Covid-19 em Jacobina, entrou em vigor hoje o decreto que suspende as atividades do comércio no município. Apenas serviços essenciais à população poderão permanecer funcionando, como é o caso dos supermercados, mercearias, farmácias, distribuidoras de gás e de água, e padarias. Conforme o decreto 178/2020, os demais segmentos do comércio que descumprirem a determinação poderão ter o alvará de funcionamento cassado.

A medida restritiva tem como objetivo aumentar o isolamento social e barrar a crescente contaminação por coronavírus no município. Os casos vem aumentando com muita velocidade e preocupa os órgãos de controle epidemiológicos.

Apreensão de ônibus

As ações de combate à disseminação do novo coronavírus culminaram na apreensão de quatro ônibus de uma empresa de turismo (veja aqui), que é suspeita de transportar passageiros de São Paulo para a região de Jacobina, descumprindo as determinações do decreto estadual que proíbe tal prática.

Esse desrespeito às normas por parte da empresa gerou discussões na internet. Muitos acreditam que o aumento no número de casos de Covid-19 em Jacobina tem relação com pessoas vindas das regiões mais afetadas pelo vírus.

Covid-19 em Jacobina

Só na pequena comunidade de Tombador, 10 pessoas foram infectadas, 01 no distrito de Cachoeira Grande e 01 na comunidade de Barro Branco. Na sede, há casos confirmados nos bairros Félix Tomaz (01), Índios (01), Jacobina II (01), Lagoa Dourada (01), Matriz (01), Nazaré (01) e Peru (04), além de 01 importado de Umburanas.

Jacobina registra uma morte em decorrência da Covid-19. A vítima foi uma comerciante de 54 anos, com comorbidades. A mulher foi o primeiro caso positivo oficial no município. Ela ainda chegou a ser transferida para o Hospital Couto Maia, referência em Covid-19, mas não resistiu às complicações da doença.

Por Robson Guedes / Jacobina Notícias