Jacobinenses lamentam a morte do professor Lourival

Uma triste notícia abalou a sociedade jacobinense na tarde desta sexta-feira, 15. Morre o professor Lourival Martins de Souza aos 83 anos. Natural de Morro do Chapéu, ele era proprietário de um dos colégios mais tradicionais de Jacobina, o Euzébio de Queiroz, situado no bairro da Estação. 

Lourival estava internado na Clínica Santa Bárbara aonde sofreu uma parada cardiorrespiratória na quarta-feira, foi reanimado e tentava se recuperar do problema. Sua família usou as redes sociais para acalmar a todos, dizendo que ele estava sedado e aguardavam sua melhora. Porém seu quadro se agravou e ele não resistiu, morrendo na tarde de hoje.

Alunos, amigos e parentes usaram as redes sociais para externarem suas tristezas com o seu falecimento. A Prefeitura de Jacobina também lançou uma nota de pesar. Por sua vez, o secretário da Educação, Roberval Henrique destacou essa enorme perda. "Hoje é um dia triste! Faleceu o professor, o amigo, o homem que transformou a minha vida pela Educação. Professor Lourival deixa um legado como educador, como homem honrado. Um ser humano ímpar. Que Deus conforte toda família e certamente a todos nós que admiramos um dos maiores Educadores de Jacobina" contou o secretário. Professor Lourival também foi chefe da pasta da Educação no município entre os anos de 83 e 84.

Nas décadas de 70 e 80 também teve sua passagem pelo Poder Executivo, elegendo-se vereador pela primeira vez em 1970. Lourival também foi presidente da casa do povo por duas vezes (1977-79 e em 1981-83. Outro cargo público ocupado foi o de chefe de Gabinete do ex-prefeito Carlito Daltro em 1985, chegando a assumir a prefeitura por 30 dias, durante as férias do então gestor. 

Seu sepultamento será às 8h deste sábado no Cemitério Jardim da Saudade. Professor Lourival tinha esposa e cinco filhos.

Igor Fagner / Jacobina Notícias - Conectando você com o mundo