'Nos equivocamos' diz prefeito de Senhor do Bonfim ao aumentar casos em Jacobina


Uma live divulgada pela Prefeitura de Senhor do Bonfim, distante cerca de 110 km de Jacobina, tem deixado os jacobinenses com a orelha em pé. Na transmissão,  o prefeito Carlos Brasileiro cita que a cidade possui 30 casos positivos via Lacen e 20 por testes rápidos, elevando os números atuais de 23 para 50 casos positivos.

O trecho da live circulou velozmente pelos grupos de WhatsApp de Jacobina, fazendo com que as pessoas começassem a questionar o boletim oficial divulgado pela prefeitura local. De imediato, a assessoria de comunicação da PMJ entrou em contato com a equipe de Bonfim, para que o mal-entendido fosse resolvido.

No início da noite deste sábado, o prefeito de Bonfim, Carlos Brasileiro, enviou um áudio para o prefeito Luciano Pinheiro, se retratando do equívoco, informando que sua assessoria havia lhe passado dados de outros municípios, creditando todos à Jacobina, confira um trecho de sua fala:

"Querida família jacobinense, irmãos e irmãs dessa cidade tão importante da Bahia, quero aqui neste momento pedir desculpas a todos vocês e ao governo municipal por ter errado os números da situação atual sobre as pessoas que estão com o Covid-19 positivo. Eu recebi uma informação da minha assessoria e confesso não ter atestado a informação, por confiar no que estava sendo passado, e cometi esse deslize de informar os números equivocados. Aproveito este momento para pedir minhas desculpas e desejar a vocês muita paz, muita confiança naqueles que estão agindo na linha de frente no combate a esse vírus tão danoso e pedir a vocês nessa oportunidade que fiquem em casa..."

Ouça:


A Prefeitura de Jacobina lançou no fim da tarde de hoje um site oficial exclusivo sobre os boletins do coronavírus e as ações que estão sendo desenvolvidas no combate à pandemia. Jacobina chegou hoje aos 23 casos positivos, tendo a comunidade de Tombador a mais afetada com 10 casos de infectados.

Igor Fagner / Jacobina Notícias - Conectando você com o mundo