Bahia tem 863 PMs com coronavírus; 442 estão afastados das atividades


Na Bahia, 863 policiais militares já foram infectados pelo novo coronavírus e atualmente 442 estão afastados das atividades por causa da doença. Os PMs estão entre as categorias essenciais, e seguem nas ruas e sujeitos à infecção pelo novo coronavírus, mesmo que tomem os cuidados necessários. O Bahia Notícias obteve os dados através da assessoria da Polícia Militar, nesta sexta-feira (26). 

A corporação explicou que o Departamento de Saúde (DS) tem atuado em duas frentes em relação a testagem de policiais militares. Na primeira, realiza testes rápidos (IgM/IgG) ou testes RT-PCR (swab nasal) para os policiais que apresentam ou apresentaram sintomas. Os exames acontecem com agendamento prévio. 

Já a segunda frente  usa como base a evolução dos dados epidemiológicos da tropa. "São selecionadas unidades para a realização de testagem em todo efetivo como forma de busca ativa de contaminados assintomáticos", explicou a PM. 

Foi adotado pela PM um formulário usado pelas Unidades da PM para informar ao DS sobre policial militar que testou positivo. 

O documento possui um espaço reservado para informar sobre outros militares que tiveram contato com aquele que testou positivo para o novo coronavírus. "Os casos suspeitos são registrados e avaliados de forma individualizada acerca da necessidade de testagem e/ou afastamento dos policiais", disse a Polícia. 

A corporação ainda orienta os policiais militares que apresentarem sintomas da Covid-19 a comparecerem ao ambulatório do Hospital da Polícia Militar (HPM). Na unidade de saúde eles são submetidos a uma avaliação médica.

Por Jade Coelho