Queiroz negocia delação premiada com o MP, diz CNN


O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, preso na semana quinta-feira (18), está negociando acordo de delação premiada com o Ministério Público. A informação foi divulgada pelo canal CNN Brasil.

Entre as exigências do ex-funcionário da família Bolsonaro está a de proteção da família e prisão domiciliar. Fabrício Queiroz está em prisão preventiva, sem prazo definido. 

Fontes da CNN indicam que a negociação está arrastada porque os promotores querem garantias que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro tenha informações novas para apresentar e não apenas relatar fatos que a investigação já conseguiu remontar.