Prefeito de Milagres é acusado de ameaçar de morte pré-candidato; veja vídeo


O prefeito de Milagres, Cézar Rotondano Machado (PP), mais conhecido como Cézar de Adério, foi acusado de ameaçar de morte o pré-candidato a vereador, Jeferson Andrade, conhecido com Jefinho. O gestor nega as acusações e chama de factóide criado pela oposição. 

Em um comunicado divulgado nas redes sociais, assinado pelo pré-candidato a vereador, Jeferson conta que estava na casa da mulher dele, chamada Jerusa, na noite do último sábado (25), quando teriam soltado bombas na porta da casa. “Mandei um áudio para o prefeito pedindo que ele tomasse uma atitude contra o vandalismo na nossa cidade e ele veio para minha porta, com os seguranças deles”, diz um trecho do texto.

O caso gerou repercussão na cidade. Em um vídeo que circula nas redes sociais, um homem, que supostamente seria o prefeito, vai até a casa da mulher e fala, durante a discussão: “Eu vou arrancar a cabeça dele. Cadê aquele viad*? Deve estar aí dentro!”.

Nervosa, a mulher começa a gritar por ajuda: “É melhor o senhor me respeitar, seu prefeito. Eu nunca fui para sua porta. Você vai me matar, seu prefeito? Socorro! O prefeito quer me matar”.

Nesse momento, um tiro é disparado para cima. Segundo o texto atribuído ao pré-candidato a vereador, esta seria a terceira vez que o prefeito ameaça ele de morte. “Eu lancei uma pré-candidatura e exerço o papel de cobrar e fiscalizar. Ele fica irritado com minhas cobranças, mas vivemos uma época de democracia”, diz.

Em um vídeo, também divulgado nas redes sociais, o prefeito Cézar de Adério aparece dizendo que “o caso se trata de um factoide criado pela oposição”.

“O trabalho, a dignidade e sucesso incomodam a alguns. Esse cidadão, que criou esse factoide, responde na Justiça a cinco ações por difamar a minha pessoa. Essas ações não vão me atingir. O trabalho vence tudo. Mais uma vez, seguiremos para a Justiça”, diz o prefeito.

Veja vídeo:



Ver essa foto no Instagram

O prefeito do município de Milagres, situado a 241 quilômetros de Salvador, Cézar Rotondano Machado (PP), mais conhecido como Cézar de Adério, foi acusado de ameaçar de morte o pré-candidato a vereador, Jeferson Andrade, conhecido com Jefinho. O gestor nega as acusações e chama de factóide criado pela oposição. Em um comunicado divulgado nas redes sociais, assinado pelo pré-candidato a vereador, Jeferson conta que estava na casa da mulher dele, chamada Jerusa, na noite do último sábado (25), quando teriam soltado bombas na porta da casa. “Mandei um áudio para o prefeito pedindo que ele tomasse uma atitude contra o vandalismo na nossa cidade e ele veio para minha porta, com os seguranças deles”, diz um trecho do texto. O caso gerou repercussão na cidade. Em um vídeo que circula nas redes sociais, um homem, que supostamente seria o prefeito, vai até a casa da mulher e fala, durante a discussão: “Eu vou arrancar a cabeça dele. Cadê aquele viad*? Deve estar aí dentro!”. Nervosa, a mulher começa a gritar por ajuda: “É melhor o senhor me respeitar, seu prefeito. Eu nunca fui para sua porta. Você vai me matar, seu prefeito? Socorro! O prefeito quer me matar”. . . Confira todos os detalhes sobre o caso que envolve o prefeito de Milages no site Jacobina Notícias. . . #MilagresBahia #milagresbahia #prefeitodemilagres #prefeitoameaca #prefeitodemilagresbahia #cezardeaderio #prefeitocezardeaderio
Uma publicação compartilhada por Jacobina Notícias (@jacobinanoticias) em