O ministro da Cidadania, João Roma, cumpre agenda na região de Jacobina neste sábado (10). No inicio da manhã, após pousar no aeroporto de Jacobina, Roma conversou com a imprensa local. Durante a entrevista coletiva, o ministro falou sobre questões relativas à área social do governo. 

“Estamos todos imbuídos, com o melhor do seu coração,  para transformar a realidade do nosso Brasil, para que cada vez mais possamos  caminhar  de cabeça erguida”, destacou Roma.  

Segundo o ministro João Roma, além do anúncio do pagamento de mais três parcelas do Auxílio Emergencial, que seguirão até o mês de outubro, os programas sociais do Governo Federal passarão por uma reformulação, com ampliação e aumento dos valores pagos às famílias em venerabilidade. 

“Estamos trabalhando para que as políticas sociais do governo se interliguem, e possam servir de ferramenta para que para que a nossa população encontre não apenas uma rede de proteção, mas também possibilidade de transformar sua realidade, alcançando uma melhor qualidade das suas condições de vida”, afirmou o ministro. 

Questionado sobre uma possível candidatura ao governo da Bahia, João Roma desconversou,  afirmando apenas que “está muito focado no exercício do cargo de ministro da Cidadania”, classificando por eles mesmo como “braço social do Governo Bolsonaro”. 

Neste sábado(10), o ministro cumprirá agenda em Ourolândia, onde se reunirá com  lideranças da região, além de conhecer o sistema de produção do projeto Ovinobom (Ovinocultura Integrada BOM) e visitar o Centro Industrial do Mármore Bege.

Fonte: Jacobina 24 Horas

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem