A última derrota do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Congresso Nacional, que culminou com a devolução do texto da medida provisória que propõe mudanças das regras para créditos do PIS/Cofins, fez com que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, sofresse um grande desgaste.

De acordo com o blog da jornalista Daniela Lima, Haddad passou a sofrer com um processo de fritura protagonizada tanto pela oposição no Congresso quanto pela ala do governo batizada como "república do acarajé", que é comandada pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Ainda segundo a publicação, um nome de fora do Legislativo avalia a oposição pouco precisa fazer para desgastar o governo, que "se permite o diletantismo de deixar seus homens atirarem um no outro".

Fernando Haddad e Rui Costa vêm tendo embates para assumir o protagonismo neste terceiro mandato de Lula na Presidência da República. O último embate entre os dois ocorreu em meio a demissão de Jean Paul Prates do comando da Petrobras. Enquanto o ministro da Fazenda defendia a manutenção de Prates na presidência da estatal, o ministro-chefe da Casa Civil se movimento para tirá-lo do cargo.

Fonte: Bnews / Foto: Diogo Zacarias

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem