Header Ads

Líder do 'Bonde do Maluco' e comparsas são presos em Camaçari

Um dos líderes da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) foi preso neste domingo, 22, em um condomínio em Arembepe, na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS). Rafael Almeida de Jesus, de 28 anos, integra o Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Mais conhecido como 'Rafinha', ele possuía mandado de prisão e envolvimento direto com tráfico de drogas, homicídios e roubos a bancos.



Além dele, outras quatro pessoas que participaram da explosão de caixas eletrônicos em um shopping do Cabula, no dia 6 de outubro, foram presas durante uma operação integrada realizada pela SSP e a Polícia Federal (PF): Bruno Ferreira de Souza, 22, Israel de Jesus Avelino Júnior, 35, Laiane Santos Pereira, 18, e Bárbara Laís Santos Pereira Alves, 24. Outros dois integrantes do grupo, identificados como Samir Lavinne Alves dos Santos, 32, e Álamo Machado Arapiraca, 27, foram atingidos durante confronto com a polícia e chegaram a ser socorridos para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiram aos ferimentos.


Na mesma ação, foram apreendidos fuzis, metralhadora, submetralhadora, espingarda e uma pistola, avaliadas em aproximadamente meio milhão de reais, e cerca de 9 kg de maconha.


A operação conjunta foi realizada por equipes da Força Tarefa da SSP-BA, Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e Batalhão de Choque, juntamente com a Polícia Federal.



Flagrantes


Durante a operação, equipes da Força Tarefa da SSP montaram uma campana na localidade conhecida como Malícia, em Abrantes, para aguardar a movimentação da quadrilha no recebimento de armas.


Samir e Álamo foram flagrados no local com dois fuzis AK 47 calibre 7.62 e aproximadamente 1,5 kg de maconha prensada. No momento do confronto, um carro branco, modelo HB20, acelerou em direção à BA-099, sentido Sergipe.


Foi iniciada uma perseguição e as equipes da SSP acionaram reforço da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do BPChq. No condomínio Canto de Arembepe, cinco criminosos, entre eles Rafinha, tentaram se esconder, mas foram localizados.


Foram apreendidos uma metralhadora da marca Taurus calibre 9mm, uma submetralhadora MT12 calibre 9mm, uma pistola CZ calibre 9mm, uma espingarda calibre 28, cerca de 7 kg de maconha e uma balança.


Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.