Header Ads

Alnos da Uneb colam cartazes e planejam ato em apoio a Lula em Jacobina


Cartazes em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram colados na entrada da Universidade do Estado da Bahia (UNEB/Campus IV) em Jacobina. Segundo um aluno da universidade, um grupo de estudantes planeja realizar um protesto em apoio ao ex-presidente, preso neste sábado (7), em São Bernardo do Campo (SP), após um mandado expedido pelo juiz Sergio Moro.

O ato está previsto para acontecer na segunda-feira, 9, a partir das 8h, com saída da Praça Aníbal Augusto, a popular Praça do Garimpeiro, na entrada da cidade. Em Jacobina, várias manifestações de apoio a Lula foram vistas por todo o dia, principalmente em redes sociais. Aliados, sindicalistas, movimentos sociais e militantes de partidos de esquerda não concordam com a sentença e prisão de Lula, e prometem lutar até conseguir a liberdade de sua maior liderança. Em Jacobina, não apenas os universitários vão participar do ato, mas também outras militâncias que apoiam o ex-presidente deverão engrossar o protesto.


Prisão de Lula

Centenas de apoiadores tentaram impedir o ex-presidente de se entregar à Polícia Federal no final da tarde deste sábado (7). Uma barreria homana foi feita em um dos portões de saída do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, onde Lula permaneceu desde que soube da ordem de Moro. A intensão era impedir, de alguma forma, que Lula fosse até o comboio da PF que o aguardava na lateral do Sindicato.

Após várias negociações e uma tentativa frustrada de sair do prédio, Lula deixou o Sindicato andando e foi até um carro descaracterizado da PF. Essa foi uma das exigências do ex-presidente para se entregar. De lá, Lula foi levado para fazer exames de Corpo de Delito e, finalmente, encaminhado para a sede da Polícia Federal em Curitiba, onde vai começar a cumprir a pena de 12 anos no caso do triplex do Guarujá.

Fonte: Jacobina Notícias

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.