Header Ads

Explosões em Cabul matam 25 pessoas; 9 jornalistas entre as vítimas


A manhã desta segunda-feira (30) em Cabul, no Afeganistão, vai ficar marcada por um duplo atentado que provocou a morte a pelo menos 25 pessoas e fez 45 feridos, informa a BBC. A primeira explosão aconteceu no distrito de Shashdarak e foi executada por um terrorista em uma motocicleta.

Cerca de 15 minutos depois ocorreu a segunda explosão no mesmo local. Nesta altura já vários jornalistas e fotógrafos se encontravam naquela zona e muitos meios de comunicação afirmam que foram os alvos do segundo ataque.

De acordo com uma fonte das forças de segurança, o homem-bomba que atacou a imprensa tinha se escondido entre os repórteres, transportando uma câmara.


A AFP divulgou que uma das vítimas fatais é o seu fotógrafo-chefe, Shah Marai. Quatro outros jornalistas presentes foram mortos pela explosão, todos eles em serviço para televisões afegãs, incluindo um para o canal Tolo News, que já havia sofrido um ataque em 2016, o qual deixou sete mortos e que foi reivindicado pelos talibãs

É no distrito de Shashdarak que se encontra o ministério da Defesa afegão, os serviços de inteligência e instalações da OTAN.  Nenhuma organização terrorista reclamou a autoria destes ataques até o momento.

Por AFP

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.