Header Ads

Representantes da Yamana Gold se reúnem com gestores do Senai-Cimatec de Salvador; parceria estratégica


Com o objetivo de firmar uma parceria estratégica para o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica e melhoria de processos, os gerentes gerais da Jacobina Mineração (JMC) e da Mineração Maracá (MMIC), unidades da Yamana, se reuniram com gestores do Cimatec em Salvador.

O Senai Cimatec (Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia) se tornou, em uma década, um dos principais complexos de tecnologia e inovação do Brasil, além de ser referência em toda América do Sul. Ele foi concebido para operar de forma integrada e sinérgica, compartilhando recursos humanos e infraestrutura em três vertentes de atuação: ensino técnico; ensino superior, pesquisa e extensão, além de prestação de serviços tecnológicos.

A reunião contou com a participação de Sandro Magalhães, gerente geral da JMC, Daniel Daher, gerente geral da MMIC, e Dirley Costa, gerente de projetos da MMIC. Na ocasião, foi apresentada uma visão geral das áreas de atuação do ​Cimatec, diversos projetos e “cases” de sucessos desenvolvidos pelo órgão e as empresas parceiras de grande expressão nacional e internacional, como Vale e NEXA.

A Yamana apresentou, ainda, os diversos projetos em desenvolvimento pela JMC e MMIC, além de processos, plano de automação e as tecnologias utilizadas nas suas diferentes atividades de extração mineral, explicitando a intenção da Yamana Gold de fazer parte do portfólio de parceiros do órgão. Também foi realizada uma visita em todo o centro tecnológico, quando foi possível conhecer os laboratórios, oficinas, escritório de projetos e a toda estrutura física do Cimatec.

Sinergias potenciais

As áreas de interesse do Cimatec são software e supercomputação, biotecnologia e saúde, manufatura avançada, mobilidade e infraestrutura, robótica e automação, novos produtos, materiais e metrologia, energia e sustentabilidade, meio ambiente, entre outras.

O posicionamento do Cimatec vai ao encontro dos objetivos, da missão e visão da Yamana. A cada dia há maior exigência pela excelência operacional, devido ao aumento dos custos operacionais e variação de preço das Commodities. Por isso, a visão estratégica em relação à sustentabilidade do negócio e do futuro das operações na mineração é comum às instituições, como afirma, Sandro Magalhães.

“A busca por novas tecnologias, pela excelência operacional e forte gestão voltada para resultados são fatores fundamentais para garantir a sustentabilidade do negócio. Investir no aumento de produtividade é muito importante para proteger o negócio das intempéries do mercado e do crescente aumento dos preços de serviços e insumos. Além de buscar soluções tecnológicas com foco em produtividade, a oportunidade de participar de projetos com o Cimatec nos trará, sobretudo, o desenvolvimento humano, pois eles conduzem suas ações com base em todas as metodologias do gerenciamento de projetos, controles e processos de validação rígidos de cada atividade. As pessoas envolvidas nestes trabalhos experimentarão um aprendizado ímpar”, comenta Sandro Magalhães, Gerente Geral da Jacobina Mineração e Comércio.

O próximo passo da parceria entre a Yamana e o Cimatec já está definido. Ficaram agendadas visitas técnicas da equipe do Cimatec às operações da Yamana e da equipe técnica da Yamana às instalações do Cimatec, com o objetivo de identificar potenciais sinergias.

Ascom/Yamana

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.