Header Ads

Lava Jato: TRF4 mantém 19 anos de pena para Marcelo Odebrecht


A pena imposta pelo juiz federal Sérgio Moro ao ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Bahia Odebrecht, foi confirmada nesta quarta-feira (12) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

O empresário havia apresentado um recurso contra sua condenação a 19 anos e quatro meses de prisão, mas o pleito foi negado pelo TRF4. Ele foi condenado na Lava Jato pela prática dos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a decisão da Corte, porém, não altera as condições do acordo de delação premiada que Odebrecht fechou com a força-tarefa. Preso em junho de 2015, desde dezembro de 2017 cumpre a pena em regime de prisão domiciliar.

Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, teve sua pena reduzida no mesmo processo de Odebrecht de 20 anos, três meses e dez dias para 16 anos e sete meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a sentença de Moro, decretada em março de 2016, Odebrecht foi condenado por crime de corrupção ativa pelo pagamento de vantagem indevida a Duque e também a Paulo Roberto Costa e Pedro José Barusco Filho, então gerente de Engenharia da estatal.

Redação: BNews

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.