Header Ads

Mãe de Wesley Safadão fica inelegível por 8 anos por abuso de poder


O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Ceará declarou inelegível por oito anos Maria Valmira Silva de Oliveira (PR), a Dona Bill, mãe do cantor Wesley Safadão. Ex-vice-prefeita da cidade de Araçoiaba (município de 25 mil habitantes a 84 km de Fortaleza), ela foi condenada por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016. Cabe recurso.

Na mesma ação, o prefeito da cidade, Antônio Cláudio Pinheiro (PSDB), teve o mandato cassado e também foi declarado inelegível por oito anos. O político deixou o cargo nesta quarta-feira (5), mas disse que vai entrar com recurso.

A presidente da Câmara de Aracoiaba, Maria da Conceição Alves Pinheiro (PSDB), irmã do prefeito cassado, assumiu a prefeitura da cidade. O TRE-CE determinou a realização de novas eleições no município, mas ainda não há data para o pleito.

A reportagem não conseguiu contato com Dona Bill. Já a assessoria de imprensa de Safadão disse que ele não vai se manifestar sobre o ocorrido

ENTENDA O CASO

Reeleitos em 2016 como prefeito e vice-prefeita de Aracoiaba, Pinheiro e Dona Bill foram condenados por abuso de poder, porque o TRE considerou ilegal a doação de ambulâncias que a chapa fez ao município em junho daquele ano, antes da eleição.  

Segundo o Tribunal, embora tenha sido anunciado que a compra dos veículos foi feita com recursos próprios da mãe de Safadão, o dinheiro usado seria do município. Também foi considerada propaganda irregular a divulgação da doação no site da prefeitura.

Em setembro de 2016, durante a campanha eleitoral, a chapa já chegou a ser cassada. Mas, depois de recurso, eles conseguiram concorrer e foram eleitos.

Em janeiro de 2017, tiveram o mandato cassado, mas se mantiveram nos cargos por liminar. Em dezembro do mesmo ano, Dona Bill renunciou ao cargo de vice-prefeita alegando, em carta, que iria se dedicar à carreira do filho. "Deixo claro, neste ato de renúncia, que a motivação de minha renúncia se reveste, única e exclusivamente, na necessidade de cuidar de forma mais próxima dos negócios da família e de forma mais especial dedicar meu carinho à carreira do meu filho, o cantor Wesley Safadão."

O prefeito cassado disse que vai recorrer da decisão porque foi condenado por estar na mesma chapa de Dona Bill. "Ela sempre fez doações com recursos próprios. Já era um hábito dela desde 2012. Reformou várias escolas. Não era uma prática eleitoreira", afirmou Pinheiro. 

Com informações da Folhapress

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.