Header Ads

Mãe é suspeita de matar filhos gêmeos em Vitória da Conquista; um por 'chorar demais'


Graciane Almeida Silva, de 30 anos, foi presa nesta quarta-feira, 28, por ter confessado ter matado o próprio filho de 3 meses na noite do dia anterior, na cidade de Vitória da Conquista (a 521 quilômetros de Salvador). A polícia também investiga se ela é responsável pela morte do irmão gêmeo do menino, ocorrido no início deste mês. 

De acordo com informações do site Blitz Conquista, Graciane, que levou a criança já sem vida ao serviço de saúde, disse aos médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que o filho teria morrido em casa, após passar mal. Esta mesma versão teria sido contada para familiares e para a polícia, durante depoimento.

Mas o laudo da necrópsia feita no corpo da criança apontou que o menino sofreu um traumatismo crânio encefálico e que isso provou a morte dele. Esta evidência e o suposto comportamento agressivo dela com os filhos fez com que a versão da mulher fosse questionada. Ao ser novamente interrogada, ela acabou revelando que agrediu o filho. O motivo, apontado pela mãe, é que ele chorava demais.

Segundo o site, ainda no depoimento, Graciane confessou que já havia agrediu o filho no último dia 12 e que a violência provocou uma fratura no fêmur da criança, que voltou a ser agredida no dia 27, mas desta vez culminando com sua morte.

Por conta da confissão da mulher, a polícia vai fazer um pedido de exumação do corpo do irmão gêmeo do bebê, que morreu no dia 6 de novembro, para verificar se houve algum tipo de violência que não foi registrada na ocasião da morte. Oficialmente, o garoto teria morrido em decorrência de uma parada cardiorrespiratória.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.