Header Ads

Homem comete suicídio após matar esposa em motel de Campina Grande


A secretária de Educação do município de Boa Vista, no Agreste paraibano, Dayse Auricéa da Silva Alves, 40 anos, foi morta pelo próprio marido com um tiro no rosto dentro de um motel de Campina Grande. Após cometer o crime, Aderlon Bezerra de Souza, 42 anos, cometeu suicídio. De acordo com familiares, o feminicídio pode ter sido motivado por ciúmes e pela recusa de Aderlon em aceitar o fim do casamento. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (15).

O irmão de Aderlon recebeu mensagens minutos depois da morte de Dayse. No texto, o autor afirmava ter matado a esposa e avisava que cometeria suicídio. Ele estava tentando reatar o casamento de 21 anos. Funcionários relataram ter escutado quatro disparos abafados dentro do quarto. O casal deixa duas filhas, de 5 e 17 anos. 

Aderlon também era servidor municipal de Boa Vista. O prefeito da cidade, André Gomes (PDT) decretou luto de três dias e suspendeu as atividades municipais desta terça-feira (16).

Fonte: OP9