Header Ads

Bolsonaro visita Neymar em hospital no DF: ‘Desejo uma rápida recuperação’


O presidente Jair Bolsonaro visitou Neymar no Hospital Home, em Brasília, na madrugada desta quinta-feira 6, pouco após o atleta ter se lesionado na partida em que seleção brasileira venceu o Catar por 2 a 0, no estádio Mané Garrincha. “Desejo uma boa e rápida recuperação”, escreveu o presidente em sua conta no Twitter, onde postou uma foto do encontro.

Presente no jogo, Bolsonaro declarou mais cedo que gostaria de “dar um abraço” em Neymar e que acredita em sua inocência diante de acusações de que estuprou uma mulher em Paris. Em coletiva de imprensa, o coordenador técnico da CBF, Edu Gaspar, informou que o atleta prestará depoimento sobre o caso na sexta-feira 7, no Rio de Janeiro.


Após uma semana conturbada pelas denúncias, Neymar se lesionou no início do amistoso contra o Catar, o primeiro da seleção na preparação para a Copa América.  Ele vinha dominando a bola pelo lado esquerdo quando Assim Madibo, volante da seleção do Catar, conseguiu o desarme na bola, mas no final do movimento atinge a perna direita do brasileiro.

O pé de Neymar entrou em contato com o solo e o camisa 10 torceu o tornozelo. Ele tentou continuar em campo por mais alguns minutos, mas desistiu logo após o gol de Richarlison. Chorando, foi atendido no banco de reservas pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, e três minutos depois teve que ir ao vestiário, mancando, com uma bolsa de gelo no tornozelo.

Encaminhado para o Hospital Home, em Brasília, ele foi avaliado e submetido a exames complementares de imagem que confirmaram a ruptura ligamentar no tornozelo, impedindo uma recuperação em tempo hábil para a disputa do torneio. O Brasil estreia na competição no dia 14 de junho, contra a Bolívia, no Morumbi.