Header Ads

Identificadas vítimas de tragédia na BA-502, entre Feira de Santana e São Gonçalo


As vítimas do acidente envolvendo um caminhão e uma van, que deixou oito mortos na rodovia estadual BA-502, entre os municípios de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos, na manhã desta quinta-feira (20), já foram identificadas. Dos mortos, sete eram funcionários da empresa JBS.

As vítimas são Jeilson Pereira dos Santos, 46; Eliomar dos Santos Teixeira, 43; Jorge Luiz Chagas de Assis, 38 anos; Luciane de Jesus Sampaio de Freitas, 36; Wagner Oliveira Costa, 33; Iara Lima Oliveira, 32; Bruna Porto Suzart, 20 e Geórgia Oliveira da Paixão, 19. Outras três pessoas, que não tiveram a identidade revelada, chegaram a ficar presas à ferragem, mas sobreviveram ao acidente. 

Segundo informações da 3ª Companhia do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (PRE/Feira de Santana), a colisão aconteceu pouco antes das 7h50. O motorista do caminhão, inclusive, é uma das pessoas que ficaram presas nas ferragens.

De acordo com a assessoria da PRE, os policiais foram chamados para atender uma colisão entre dois veículos de empresas de transportes de carnes. Os militares isolaram a área para que o Corpo de Bombeiros e as equipes médicas pudessem prestar socorro às vítimas e, em seguida, agentes do Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) conseguissem remover os corpos. 


Os feridos foram levados por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

Por meio de nota, a JBS lamentou o ocorrido e informou que a van transportava nove funcionários da fábrica.

É com grande pesar que a JBS confirma o acidente ocorrido nesta manhã (20.06) envolvendo a van que transportava nove colaboradores da unidade de São Gonçalo dos Campos (BA) na Rodovia BA-502. A Companhia está solidária e prestando todo apoio às vítimas e familiares. Apenas o motorista não era nosso colaborador, era de uma empresa contratada para a realização do transporte, informou a empresa.

Luto

Por causa do acidente, a prefeitura de São Gonçalo dos Campos decretou três dias de luto na cidade e cancelou os festejos juninos do município. O São João da cidade, que seria realizado entre sexta-feira (21) e domingo (23), teria atrações como Flor de Jerimum, Galeguinho SPA, Raízes do Nordeste e Black Menta. 

Em nota, o prefeito da cidade, Carlos Germano (PP), explicou que a decisão foi tomada em solidariedade aos amigos, conterrâneos e familiares das vítimas do acidente. "Diante dessas perdas irreparáveis, nos solidarizamos com familiares e amigos, rogando a Deus o conforto espiritual para todos os familiares", afirmou o prefeito. 

Velório coletivo

Em seu perfil em uma rede social, o prefeito disse que a situação aconteceu na localidade conhecida como Curva do Jacaré. Na mesma publicação, relatou que, segundo informações preliminares, o caminhão vinha de Cruz das Almas quando se chocou com a van que levava os funcionários da JBS para trabalhar na empresa. 

A prefeitura de Feira de Santana também decretou luto oficial nesta quinta-feira. Segundo a assessoria, sete das oito vítimas fatais moravam na cidade. Em nota, a administração municipal informou que está oferecendo, às famílias, a possibilidade de realização de um velório coletivo em um ginásio de esportes. 

"Estamos todos nós feirenses, consternados com esta notícia terrível. Sentimos esta dor junto aos entes queridos dessas pessoas que perdem a vida em um acidente tão brutal. Infelizmente as rodovias continuam sendo um caminho que nem sempre nos permite chegar ou retornar aos nossos destinos", afirmou o prefeito de Feira de Santana, Colbert Filho.

Motociclista morre na BR-324

Outra morte na estrada já foi registrada no começo deste feriado. Um motociclista que não teve o nome divulgado morreu por volta das 7h30 desta quinta-feira, em um acidente na BR-324 no trecho do Km-547 na cidade de Amélia Rodrigues. 

De acordo com a concessionária Via Bahia o acidente aconteceu quando a moto e uma carreta colidiram na estrada. Após o acidente, o motorista da carreta fugiu do local que fica nas proximidades da localidade Imbira. 

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a moto teria se chocado com um carro. À polícia, o motorista do automóvel disse que trafegava na faixa da esquerda, enquanto o caminhão seguia na faixa da direita. A motocicleta, por sua vez, teria tentado passar entre os dois veículos.

Em função do acidente e do fluxo intenso de veículos por conta do São João a região teve trânsito intenso durante o dia hoje.

Acidentes

Ao todo, oito pessoas morreram em 87 acidentes de trânsito no período junino de 2017 e 2018. O número, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que considera o espaço de tempo entre os dias 21 e 25 de junho, indica que houve uma redução de acidentes em 2018 (de 57 para 30), com a mesma quantidade de mortes (quatro para cada ano). O período junino mais registra acidentes graves na Bahia. 

De acordo com a PRF, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e ViaBahia, concessionária de rodovias, ao menos 14 trechos [ver abaixo] das estradas, no estado, exigem mais atenção dos condutores, especialmente no feriado prolongado. Deles, dois estão na Rodovia Engenheiro Vasco Filho BR-324, e outros 12 na Rodovia Santos Dumont BR-116.

Veja os trechos:

Na BR-324 - RODOVIA ENG° VASCO FILHO

Entre os quilômetros 518 e 543 – atenção às rotatórias, reduza a velocidade;
Entre os quilômetros 566 ao 574 – trecho com aclives e declives.

Na BR-116 - RODOVIA SANTOS DUMONT

Entre os quilômetros 446 e 452 – trecho em obras de duplicação;

Entre os quilômetros 459 e 466 – trecho em obras de duplicação;

Entre os quilômetros 545 e 600 – trecho de serra, atenção às curvas e ultrapassagens proibidas ou inseguras;

Entre os quilômetros 600 e 639 – perímetro urbano de Jaguaquara do Km 628 ao 638;

Entre os quilômetros 639 e 648 – trecho de serra, atenção às curvas e ultrapassagens proibidas ou inseguras;

Entre os quilômetros 569 e 579 – perímetro urbano de Jequié, atenção;

Entre os quilômetros 710 e 740 – trecho de serra, atenção às curvas e ultrapassagens proibidas ou inseguras;

Entre os quilômetros 740 e 750 e entre os quilômetros 773 e 780 – perímetro urbano, atenção;

Entre os quilômetros 808 e 818 – perímetro urbano, atenção;

Entre os quilômetros 828 e 830 – perímetro urbano, atenção;

Entre os quilômetros 830 e 900 – reduzir velocidade, cuidado com ultrapassagens proibidas ou inseguras;

Entre os quilômetros 900 e 912 – perímetro urbano de Cândido Sales, atenção;

Entre os quilômetros 912 e 933 – reduza a velocidade, cuidado com ultrapassagens proibidas ou inseguras.