Preço do gás de cozinha vai cair em até 12% para residências, diz Sindigás


O gás de cozinha ficará mais barato a partir desta segunda-feira (5/8), divulgou, na sexta-feira (2/8), o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás). A Petrobras vai diminuir o preço dos botijões de gás usados em casa e em empresas. O GLP residencial, de embalagens até 13 kg, deve ficar de 6,5% a 12% mais barato. O empresarial terá redução de 11% a 17%, a depender da localidade.

O anúncio significa que o preço médio de venda do botijão pela Petrobras às distribuidoras deve cair de R$ 26,20 para R$ 24,06. Já o repasse ao consumidor final é incerto, porque ainda depende da incidência de impostos e da margem de lucro visada pelas empresas, que é variável. 

De acordo com o Sindigás, que se pronunciou em nota, o ágio praticado pela Petrobras está em cerca de 31% em relação ao preço praticado no mercado internacional, “o que vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial empresas que operam com uso intensivo de GLP”. 

Correio Brasiliense