5 lições que podemos aprender com Silvio Santos; por José Antonio Valois

Certamente Silvio Santos é o empreendedor mais famoso que temos no Brasil. De camelô a bilionário, sua trajetória é rica em exemplos para todos nós, independentemente de sermos empreendedores ou não.

Vou elencar 5 situações em que Silvio Santos mostrou habilidades fundamentais para obter sucesso:

1) Visão

Na adolescência Silvio pegava a Barca do Rio de Janeiro para Ilha de Paquetá. Percebeu que as viagens eram sempre silenciosas e por isso resolveu trazer mais animação ao percurso. Investiu em aparelhagens de som, e começou a trabalhar como “animador”.

Deu tão certo que logo todas as barcas contavam com o serviço. Algumas até aprimoraram, e instalaram um bar e um bingo – por iniciativa, claro, do jovem Silvio Santos.

2) Versatilidade

Silvio mudou-se do Rio de Janeiro pra São Paulo e conheceu Manuel da Nóbrega (pai do também apresentador Carlos Alberto de Nóbrega), ele estava passando por dificuldades em administrar o Baú da Felicidade e pediu sua ajuda. O Baú era um sistema de carnês em que o cliente pagava as prestações de uma caixa de brinquedos ao longo do ano, e recebia os produtos na época do Natal.

Silvio não só conseguiu reerguer o negócio como assumiu também o controle total do Baú.

Posteriormente, Silvio Santos empreendeu em outros ramos, como por exemplo, Móveis Tamakavy, veículos Vimave, Banco Pan Americano, Baú Construtora, hotel Sofitel Jequitimar Guarujá, Jequiti Cosméticos, entre outras empresas. Mais que um apresentador de TV, Silvio Santos é um grande administrador atuando em diferentes segmentos.

3) Inovação

Em 1991, era lançada a Teles Sena, um título de capitalização com sorteios semanais. Segundo o Jornal do Brasil, a Tele Sena havia conseguido faturar US$ 50 milhões em apenas um ano e meio de operação.

Silvio Santos conseguiu vender 44 milhões de Tele Senas em uma única serie no período de 45 dias.

A Tele Sena existe até hoje e está comemorando 28 anos neste mês de novembro.

4) Resiliência

No final de 2010 foi descoberto um rombo de R$ 4,3 bilhões no Banco Pan Americano, o que levou o empresário a cogitar vender todo o seu império e ir morar nos Estados Unidos. Apesar da grande pressão que sofreu, Silvio conseguiu negociar a dívida e não comprometeu seu patrimônio.

5) Capacidade de Assumir Riscos

Aos 76 anos, Silvio Santos criou a Jequiti Cosméticos. Ele quis arriscar a empreender em um novo segmento. O apresentador que ironicamente tem alergias a perfumes e só usa desodorante. Mesmo assim enxergou no setor da beleza uma oportunidade de negócios. Após 13 anos no mercado a Jequiti Cosméticos cresce 20% ao ano e em 2016 faturou R$ 431,8 milhões. Em todo o país são mais de 190 mil revendedoras.

“Uma das coisas que não deve preocupar quem quer se meter em qualquer tipo de negócio é não se preocupar com os elogios ou as criticas. Se você não sonhar alto, se você administrar bem a sua empresa com os pés no chão, não se preocupando nem com o primeiro colocado, nem com o segundo colocado, nem com o último colocado. Se você fizer o que sua intuição manda, e usar bom senso, deixando de lado a vaidade, você tem todas as possibilidades de conseguir o seu objetivo.” – Silvio Santos

Do autor - José Antonio Valois é Especialista em Administração e Marketing Esportivo Sugestões de pauta, dúvidas e/ou críticas envie um e-mail para javalois@hotmail.com