Empreendedorismo: Patrocínio precisa de planejamento para ser eficaz; por José Antonio Valois

Não é muito raro encontrar em alguma loja em Jacobina uma placa com os seguintes dizeres: não damos patrocínio. Provavelmente isso deve ocorrer porque o lojista teve uma experiência insatisfatória ou não acredita no resultado que o patrocínio possa trazer para seu negócio. Por isso é importante abordar mais detalhadamente este tema.

Uma forma de publicidade muito eficaz é o patrocínio. Porém é preciso que patrocinador e patrocinado estabeleçam com clareza todas as ações envolvidas nessa relação.

Para começar é importante definir o que é patrocínio. Na definição de Marc Carroggio, “é uma relação jurídica entre patrocinador e patrocinado, em virtude da qual o primeiro colabora de forma tangível na organização ou celebração de um evento e, em contrapartida, obtém do segundo facilidades para difundir mensagens favoráveis a um público mais ou menos determinado”.

O patrocínio traz muitas vantagens. Atinge um público que muitas vezes a publicidade tradicional não alcança.

O consumidor está “aberto” a mensagem que o patrocinador quer transmitir.

A emoção ou experiência que o evento proporciona estará atrelada de maneira positiva à marca do patrocinador.

Muitas vezes por falta de conhecimento ou despreparo, a ação ou evento patrocinado não atinge o objetivo esperado, gerando assim desconfiança para ações futuras. Portanto vou listar alguns itens importantes:

- Qual a exposição do patrocinador?
- A imprensa irá cobrir o evento ou ação?
- Qual será o alcance do patrocínio?
- O público-alvo é o mesmo que a empresa quer como cliente?
- Qual o status do patrocínio proposto?
- Haverá outros patrocinadores?
- Quanto custa o patrocínio?
- Os patrocinados têm condições de realizar o que foi proposto?
- Sua marca estará atrelada ao patrocinado? Um deslize pode gerar prejuízo à imagem da empresa patrocinadora.
- O patrocinador poderá montar um stand no evento para realizar um contato maior com o cliente?

Lembre-se que patrocínio deve ter como principais objetivos:

- Melhorar o resultado de vendas;
- Promover a exposição de um produto ou serviço;
- Promoção institucional da marca;
- Demonstrar responsabilidade social.

Espero que com as observações acima você consiga encontrar o evento certo para patrocinar e assim estreitar sua relação com seu cliente. Bons negócios!

“Boa publicidade não é só circular informação. É penetrar desejos e crenças na mente do publico” Leo Burnett

Do autor - José Antonio Valois é Especialista em Administração e Marketing Esportivo. Sugestões de pauta, dúvidas e/ou críticas envie um e-mail para javalois@hotmail.com