Lapão: Justiça decreta prisão de fisioterapeuta e assassino da jovem Rafaela


O fisioterapeuta Alfredo Victor Oliveira Mattos, conhecido como Dr. Victor Mattos, acusado de ser o mandante do assassinato de Rafaela Gomes de Souza, 27 anos, na cidade de Lapão, região de Irecê, teve a prisão preventiva decretada nesta quarta-feira (27). Victor Mattos, conforme apurou a polícia, mantinha uma relação extraconjugal com Rafaela e arquitetou a morte da jovem. 

O Jacobina Notícias apurou que, durante depoimento, o fisioterapeuta teria dito que a jovem foi sequestrada por homens armados. Porém, quando questionado sobre o porquê de ele não ter denunciado o crime à polícia, Victor não soube responder. Após várias tentativas, os investigadores confrontaram a versão do acusado com as evidências de sua participação no crime. Victor Mattos, então, acabou confessando e apontou outro homem, Eriton Dias, o Rato, como o executor do assassinato de Rafaela. Eriton também teve a prisão decretada.

O fisioterapeuta contou ainda, durante o depoimento, que estaria sendo coagido por Rafaela. Segundo Victor Mattos, a jovem estava ameaçando contar à família dele sobre o relacionamento que mantinham. O fisioterapeuta decidiu pagar a Eriton, executor do crime, a quantia de R$ 4 mil para matar Rafaela. Conforme a polícia, Eriton é ex-detento e estava trabalhando na portaria do hospital da cidade.

Tanto Victor quanto Eriton são considerados foragidos. Na noite de ontem, enquanto o mandante do crime prestava depoimento à polícia, Eriton teria ido até a frente da delegacia saber o que estava acontecendo, por conta da movimentação intensa na unidade. A suspeita é que o assassino tenha fugido assim que notou que a polícia estava no encalço dos dois.

A polícia fez buscas nesta quarta-feira numa região do município de Presidente Dutra, para tentar localizar o corpo de Rafaela. O mandante do assassinato confessou onde o corpo dela foi deixado. A polícia não confirmou a suspeita de que Rafaela estava grávida do fisioterapeuta.

Fonte: Jacobina Notícias

Rafaela Gomes de Souza, 27 anos, foi levada pelo fisioterapeuta até uma área onde o assassino os aguardava - Foto: Reprodução / Facebook