Preso um dos três acusados de assaltar o mototaxista Ezimar, de Capim Grosso


Um dos três suspeitos de participar diretamente do assalto ao mototaxista Ezimar, identificado como Fabríciofoi preso na casa da mãe dele, na manhã desta terça-feira (21). Populares capturaram o acusado e o entregaram à Polícia Militar. Ezimar foi vítima de um assalto na última sexta-feira, 17, e está desaparecido desde o crime. 

Os três suspeitos se embrenharam na mata após a moto da vítima ser localizada no distrito de Novo Paraíso, no município de Jacobina. Um deles foi capturado, e, através do depoimento do acusado, pode-se chegar a localização da vítima. Dois dos acusados ainda se encontram foragidos, dentro do mato, e são caçados pelas equipes. Além de guardas municipais e policiais militares, dezenas de pessoas vindas de Capim Grosso e do distrito de Novo Paraíso, ajudam nas buscas.

Fabrício teria confessado que assassinou Ezimar. O trio teria usado faca e facão para tirar a vida da vítima, depois fugiram com a moto dele para Novo Paraíso, onde trocaram a placa. As equipes ainda buscam localizar o corpo de Ezimar para confirmar se a informação passada pelo suspeito preso é verídica.

Menor apreendido

Um menor foi apreendido nesta segunda-feira (20), por volta do meio-dia, pela Guarda Civil Municipal de Jacobina em Novo Paraíso. Ele é acusado de ajudar três homens suspeitos de assaltarem o mototaxista Ezimar.

De acordo com informações colhidas pelo Jacobina Notícias, o apreendido confessou que sabia que a motocicleta que estava escondendo era roubada, mas que não tinha informações do que os homens haviam feito com o mototaxista. A arma utilizada para o assalto, de acordo com o menor, foi um revólver calibre 32, adquirido em Capim Grosso.

Fonte: Jacobina Notícias