Vitória pode se tornar patrimônio cultural imaterial de Salvador


O Vitória pode se tornar patrimônio imaterial cultural de Salvador. O projeto de lei foi apresentado à Câmara Municipal nesta terça-feira (4) pelo vereador Pedro Godinho (MDB), ex-conselheiro do clube.

Para o parlamentar, a veia multidesportiva da instituição foi a motivação para a proposição do texto. “O Vitória é o decano dos esportes na Bahia. Tem mais de 100 anos, sempre com várias modalidades de esportes: futebol, regatas... Acima de tudo, é um clube de expressão nacional. A gente achou por bem por reconhecer o clube e ao que ele representa à Bahia e ao Brasil”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Além de ex-conselheiro, Godinho foi um dos responsáveis por contribuir com a construção do Barradão, durante a gestão do presidente Márcio Mont´Alegre (1980-1983) – o estádio foi inaugurado em 1986, durante a gestão do atual deputado federal José Rocha (PL). 

RIVAL TAMBÉM PODE SER TOMBADO    

Também da bancada do prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara, o vereador Fábio Souza (Podemos) protocolou o mesmo projeto para o Bahia em maio do ano passado (leia mais aqui). A matéria conseguiu assinaturas necessárias para ser votada com urgência pelos vereadores. No entanto, mesmo com o requerimento, ainda se encontra estacionada na Comissão de Cultura da Casa, aguardando a designação de um relator.

Bahia Notícias