Chuvas causam transtornos em vários pontos de Salvador


As chuvas que começaram entre a noite de sexta-feira (6) e a madrugada de sábado (7), em Salvador, causam transtornos em vários pontos da cidade. Não há, entretanto, registro de vítimas por causa das chuvas.

Até a última atualização desta reportagem, A Defesa Civil de Salvador (Codesal) havia registrado 1 alagamento de imóvel na Cidade Baixa, 1 deslizamento de terra e 1 ameaça de deslizamento em Valéria, 1 árvore caída em Pau da Lima e 1 alagamento de imóvel na região de Brotas.

De acordo com o Centro Integrado de Comunicação (Cicom) da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), houve também um deslizamento de terra que atingiu uma casa no bairro de Pernambués, por volta de 6h. O caso ocorreu na 2ª Travessa Pinto. Não houve vítimas.

No bairro de Canabrava, um poste caiu e atingiu uma casa na Rua Bem-te-vi. De acordo com uma moradora da rua, o equipamento ficou escorado no imóvel, e a rua está sem energia. Os fios do poste estão espalhados no chão, e as pessoas estão com medo de passar na rua.

Na Avenida Luís Eduardo Magalhães, sentido Av. Paralela, uma árvore caiu em parte da pista após o túnel.

De acordo com a Transalvador, há registros de alagamento em diversos pontos da cidade, como Mata Escura, trechos da Av. Paralela, trechos da Av. Bonocô, trechos da Av. Vasco da Gama, trechos da BR-324, trechos do Dique do Tororó e Baixa do Fiscal.

No bairro de Canabrava, um poste caiu e atingiu uma casa na Rua Bem-te-vi. De acordo com uma moradora da rua, o equipamento ficou escorado no imóvel, e a rua está sem energia. Os fios do poste estão espalhados no chão, e as pessoas estão com medo de passar na rua.


Na Avenida Luís Eduardo Magalhães, sentido Av. Paralela, uma árvore caiu em parte da pista após o túnel.

De acordo com a Transalvador, há registros de alagamento em diversos pontos da cidade, como Mata Escura, trechos da Av. Paralela, trechos da Av. Bonocô, trechos da Av. Vasco da Gama, trechos da BR-324, trechos do Dique do Tororó e Baixa do Fiscal.