Tendo que trabalhar, funcionários de empresa eólica em Umburanas temem o coronavírus


Os funcionários do Parque Eólico Campo Largo, empresa de energia eólica da multinacional Engie, em Umburanas, estão com medo de serem infectados pelo Covid-19, o novo coronavírus. Segundo relatos de vários colaboradores ao Jacobina Notícias, eles estão sendo obrigados a trabalhar mesmo com as recomendações e decretos que tratam do distanciamento social em todo o país.

Imagens feitas por funcionários, na manhã desta segunda-feira (23), mostram uma grande aglomeração de pessoas na empresa, alguns até fazendo uso de máscaras de maneira inadequada. O temor é que, por ser uma multinacional, pessoas de várias partes do Brasil e do exterior, que trabalham com energia eólica, estão sempre chegando na cidade de Umburanas. 

Ao Jacobina Notícias, um colaborador disse que "dentro do ônibus haviam muitas pessoas com sintomas de gripe" e que há "pessoas vindas da Itália na empresa".

Jacobina

Há retalhos de que na Jacobina Mineração e Comércio (JMC) e na Torres Eólicas do Nordeste (TEN), em Jacobina, os serviços também não foram suspensos e os trabalhadores se aglomeram nas linhas de produção. Porém, no caso de Jacobina, ainda não há uma confirmação, visto que nenhum colaborador se pronunciou até o momento.

Mesmo com o decreto, alguns comerciantes e órgão público, a exemplo do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), descumprem a determinação do Poder Executivo Municipal de suspender as atividades.

Jacobina Notícias - Conectando você com o mundo