Irmãos morrem ao reagirem ação da Polícia Civil em Senhor do Bonfim


A Polícia Civil de Senhor do Bonfim realizou diligência na tarde dessa terça-feira, 05 de maio, para cumprir mandado de busca e apreensão em um imóvel localizado no Conjunto Habitacional Brias do Monte, onde residia um menor acusado de vários homicídios e tentativas de homicídios em nossa cidade.

De acordo com informações da Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim, a ficha criminal do menor consta a participação dele como executor de dois homicídios: os assassinatos de João Paulo Souza Santos e de Lucas Felipe, o Luquinhas.

João Paulo foi morto no último dia 26 de março, quando elementos invadiram sua residência no Brisas do Monte e o executaram com vários tiros. Já Luquinhas foi morto no dia 03 de janeiro, quando estava em uma residência na Rua da Jacutinga. Ele levou 6 tiros.

Ainda segundo a Polícia Civil, investigações apontaram o envolvimento do menor em um latrocínio (roubo seguido de morte), quando morreu José Maia Nicácio, assassinado com requintes de crueldade, e mais quatro tentativas de homicídio.

A Polícia Civil ainda informou que as investigações sobre a vida criminosa deste menor continuam, e podem apontar o possível envolvimento dele em mais quatro homicídios ocorridos neste ano em senhor do Bonfim. Segundo a polícia, os homicídios e as tentativas se deram em razão de disputa pelo tráfico de drogas, pois o menor fazia parte de uma facção criminosa de traficantes, apontam as investigações.

Por volta das 13h40, os Policiais Civis entraram no imóvel para o cumprimento do mandado de busca e apreensão e foram recebidos a bala e, após troca de tiros, o menor e outro homem que estava com ele na casa foram atingidos e socorridos para a UPA, mas acabaram morrendo.

O menor foi identificado apenas como Caique, mais conhecido como Caiquinho. Já o outro homem que estava na sua companhia foi identificado apenas como Jéferson e seria irmão de Caique.

Fonte: Blog Eloilton Cajuhy