Na manhã desta quinta-feira (20), a Polícia Civil realizou uma operação contra suspeitos de tráfico de drogas em cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que resultou em três prisões. Um dos detidos teve participação na morte do músico Flávio de Oliveira Silva, de 32 anos, guitarrista da banda Afrocidade, conhecido como Fal.

Outros envolvidos no crime já tinham sido presos sob suspeita de envolvimento, que teria sido por uma suposta dívida de drogas. Inclusive, a ordem para execução do artista, que chegou a ser espancado, em Camaçari, teria partida uma liderança criminosa na região.

O novo envolvido preso foi encontrado por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro Nova Vitória, também em Camaçari, mesmo local em que o primeiro suspeito foi capturado. A ação contou com participação de equipes da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core).

Além dele, que não teve a identidade revelada, outros dois homens foram presos por envolvimento com tráfico de drogas da região. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de São Francisco do Conde, Arembepe e Arcos (MG), contra uma organização criminosa com atuação na comercialização de entorpecentes.

Fonte: Bnews

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem