Um trabalhador morreu e duas pessoas ficaram feridas após um acidente em uma mina na cidade de Pindobaçu, no norte da Bahia. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (5), na estação de esmeraldas em Serra da Carnaíba, mesmo garimpo em que um homem morreu no mês de junho.

Manoel Messias Souza dos Santos, de 47 anos, foi atingido por uma rocha. Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Professor Edgar Santos, em Pindobaçu, mas já chegou sem sinais vitais na unidade de saúde.

De acordo com apuração da TV São Francisco, afiliada da TV Bahia na região, a Polícia Militar foi acionada para a ocorrência após um chamado de um acidente de trabalho no subsolo da mina.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim como morte acidental.

A Polícia Técnica foi acionada e a investigação ficará a cargo da Delegacia Territorial de Pindobaçu.

O corpo de Manoel Messias será velado na Serra da Carnaíba e enterrado neste sábado (6).

MPT investiga morte de homem em garimpo

Em junho, o Ministério Público do Trabalho (MPT) instaurou inquérito para apurar as causas da morte de um homem em um garimpo em Pindobaçu, no norte da Bahia. Informações iniciais indicam que Alan Alves Mamona, 41 anos, não resistiu aos ferimentos após cair em um mina de exploração de esmeraldas.

Alan era casado desde 2020 e tinha uma filha. Ele morreu uma semana depois de completar 41 anos, de acordo com informações coletadas em suas redes sociais. O sepultamento aconteceu na manhã deste sábado (29).

De acordo com o MPT, ainda não há informações se ele era empregado de algum garimpeiro que atua no local.

O órgão informou ainda que deverá contar com informações dos órgãos que atuam no caso, como Departamento de Polícia Técnica, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Médico-Legal e principalmente a Superintendência Regional do Trabalho da Bahia (SRT-BA).

Em sua rede social, a Cooperativa Mineral da Bahia lamentou o ocorrido e decretou o cancelamento do expediente na sexta-feira (28). A entidade disse ter ficado com "corações enlutados" e desejou que "familiares e amigos encontrem forças suficiente para superar esse momento de dor irreparável".

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que a vítima chegou a ser socorrida para um hospital, mas não resistiu. Depoimentos foram coletados e foi iniciada a apuração do caso.

OUTRA MORTE - Em abril deste ano, um homem de 51 anos morreu soterrado em um garimpo no município.

O caso aconteceu no dia 4 de abril, mas o corpo de Cleiton Oliveira de Souza só foi retirado do local na manhã do dia seguinte com ajuda de outros garimpeiros. O resgate foi complicado porque o desabamento ocorreu no subsolo do garimpo.

Capital das esmeraldas
A cidade de Pindobaçu é conhecida como "capital das esmeraldas". É uma pequena cidade na Serra da Carnaíba e que, de acordo com o Censo do IBGE, possui quase 20 mil habitantes.

Em maio deste ano, uma pedra preciosa — de matriz preta com esmeraldas verde — de 137 quilos, encontrada na região, foi arrematada por R$ 175 milhões após um leilão da Receita Federal.

O valor mínimo de lance para arrematar o item valioso era de R$ 115 milhões.

Em um intervalo de 23 anos, cinco pedras gigantes de esmeraldas foram encontradas na região.

Fonte: G1 Bahia

Jacobina Notícias- O seu portal de informações 

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem