Header Ads

PF faz buscas no gabinete e em casas de Lúcio Vieira Lima

Na manhã desta segunda-feira, 16, a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação que tem como alvo o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima. A operação acontece no gabinete do parlamentar na Câmara dos Deputados e também nas casas dele em Brasília e em Salvador.



Na capital baiana, policiais federais realizam buscas no apartamento de Lúcio no edifício Residencial Du Valle, no bairro do Chame-Chame, que fica ao lado do prédio onde Geddel tem residência. Advogados do político baiano acompanham a ação da PF, mas não quiseram falar com a imprensa. Os policiais estão no local desde as 6h.


A ação ocorre por ordem do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). O pedido é da Procuradoria-Geral da República, que investiga a ligação do parlamentar com os R$ 51 milhões encontrados, no início de setembro, em um apartamento em Salvador na Operação "Tesouro Perdido", desdobramento da "Cui Bono?".



Geddel está preso na Papuda. Em 13 de setembro, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Federal de Brasília, decidiu remeter ao Supremo a investigação sobre o "tesouro perdido" de R$ 51 mi, atribuído ao ex-ministro. O magistrado alegou em sua decisão que "há sinais de provas que podem levar ao indiciamento" do deputado Lúcio Vieira Lima.


Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.