Header Ads

Após ser solto, homem que matou comerciante é preso por novo delito


O vendedor acusado de ter matado o comerciante João Batista Silva, 71 anos, em novembro de 2017, voltou a ser preso. João Batista Neto foi flagrado com uma arma nesta terça-feira, 8, na avenida Afrânio Peixoto (Suburbana), em Salvador.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), policiais da Operação Gêmeos viram o homem passar correndo e iniciaram uma perseguição. Neste momento, Neto jogou uma mochila em um matagal.

O rapaz foi preso e a mochila localizada. Dentro, os policiais encontraram um revólver calibre 38 com munições, além de um celular e R$ 18. Segundo a SSP, o suspeito se preparava para entrar em um ônibus quando foi detido.

Latrocínio

Neto foi preso em dezembro de 2017 por conta do envolvimento na morte de um comerciante. Na ocasião, ele confessou participação no latrocínio (roubo seguido de morte) e disse que "fez coisa errada".

Ele e um comparsa renderam o comerciante e o irmão na rua. Eles queriam entrar no imóvel das vítimas, mas o João Batista Silva reagiu e entrou em luta corporal com o comparsa de Neto. Ele, então, atirou na vítima, que morreu no local. Não há informações de quando o homem foi solto. 

Fonte: A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.