Header Ads

Acidente com limusine deixa 20 mortos perto de Nova York


Uma limusine colidiu com um carro na madrugada de sábado (6) em uma estrada da cidade de Schoharie, no norte do estado de Nova York, e deixou 20 mortos. Segundo as autoridades locais, esse foi um dos mais graves acidentes de trânsito dos Estados Unidosna última década.

O acidente só foi divulgado neste domingo (7) pela polícia americana. O motorista da limusine perdeu o controle do veículo em um cruzamento entre duas rodovias e bateu em um carro que estava estacionado perto de uma loja da Apple em um shopping da cidade, que fica a 250 quilômetros ao norte da cidade de Nova York.

A colisão matou os 17 passageiros da limusine e o motorista, além de dois pedestres que passavam pela região no momento do acidente. Quatro irmãs, dois irmãos e ao menos três casais de jovens recém-casados estão entre as vítimas, segundo o jornal The New York Times.

Vários agentes da polícia do estado de Nova York, do escritório do xerife do Condado de Schoharie, bombeiros e ambulâncias foram até o local do acidente para tentar salvar as vítimas, mas os esforços não foram suficientes.

A loja de eletrônicos divulgou uma nota no Facebook no qual lamentou o “horrível acidente”. A polícia de Nova York não divulgou o nome dos mortos porque os familiares das vítimas ainda estão sendo informados sobre o acidente, mas afirmou que todos são maiores de idade.

De acordo com o Times, os 17 jovens que viajavam na limusine estavam indo para uma festa de aniversário em uma cervejaria.

A Junta Nacional de Segurança do Transporte de Nova York enviou uma equipe para investigar as causas do acidente. Autópsias e exames toxicológicos já estão sendo feitos em todas as vítimas.

As autoridades locais afirmam que este foi um dos mais graves e mortais acidentes envolvendo transportes nos Estados Unidos desde 2009, quando um pequeno avião caiu sobre casas na cidade de Buffalo, também em Nova York, matando mais de 50 pessoas.

Com informações da EFE

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.