Header Ads

Esquema criminoso na região de Capim Grosso roubou mais de 30 veículos; prejuízo de R$ 300 mil


Dois homens foram presos e uma adolescente apreendida na manhã desta quinta-feira, 2, nos municípios de Capim Grosso e Várzea da Roça, região de Jacobina, durante uma operação policial de combate a roubos e furtos de veículos. Os dois suspeitos presos na 'Operação Moto de Ladrão' foram identificados como Wilian de Souza e Eugênio Alves da Silva.

Segundo a polícia, as investigações apontaram que as motos eram furtadas ou roubadas na região de Feira de Santana e trazidas para Capim Grosso, antes mesmo que as vítimas conseguissem registrar a ocorrência para gerar a restrição na placa. Em Capim Grosso, as motos passavam por um processo de supressão dos números de identificação. Ao mesmo tempo, falsificava-se uma nota fiscal para criar a ilusão de que aquela motocicleta seria 'moto de leilão', o que facilitava a venda dos veículos na região por valores bastante inferiores aos de mercado. 

Ainda segundo a polícia, os mesmos crimes foram praticados com carros, porém em menor escala. A investigação apurou ainda, que o prejuízo total aos proprietários pode chegar a R$ 300 mil. Cerca de 30 veículos, entre motos e carros, foram tomados pela quadrilha. A atuação criminosa envolvia o aluguel de uma casa exclusivamente para deixar os veículos receptados.

Durante a operação, os policiais apreenderam 6 motocicletas, 5 delas com indicação de proveniência de crime, bem como dezenas de notas fiscais falsificadas e materiais para a prática dos crimes. Cerca de R$ 15 mil foram encontrados na casa de Wilian, preso em flagrante e preventivamente junto com Eugênio. A adolescente foi ouvida na delegacia e, em seguida, liberada.

Os presos foram conduzidos para a delegacia de Riachão do Jacuípe, onde estão custodiados. As motos foram encaminhadas para a perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha.


Com informações da 15ª Coorpin / Redação Jacobina Notícias