Header Ads

Menino de 7 anos morre em buraco de obra sem sinalização em Caldeirão Grande


Um garoto de 7 anos de Caldeirão Grande, município do Piemonte Norte do Itapicuru, se afogou no último domingo (18), depois de cair dentro de um buraco cheio de água de esgoto no bairro Manoel Enedino Gama. O menino, de nome Lauan Jesus Santos, era filho único e desapareceu na tarde de domingo. O corpo da vítima foi encontrado, às 18h, submerso no esgoto por um morador que teve a ideia de entrar no buraco que fica na mesma rua que a criança morava. 

Ao Calila Notícias, o pai da criança, Ailton Neres, declarou que a prefeitura mandou fazer a escavação para iniciar a obra de esgotamento sanitário do Conjunto Habitacional composto por mais de 300 casas há cerca de 20 dias, e não se atentou para o perigo que oferecia não colocando nenhuma sinalização em uma rua de grande movimento. ”Perdi meu único filho pela negligência da prefeitura. Quando foi aberto o buraco as pessoas já alertavam para o perigo, inclusive publicaram vídeo e fotos em redes sociais chamando atenção do prefeito, mas de nada adiantou, precisou meu filho morrer para mandarem uma equipe vir aqui fazer a retirada da água e colocaram uma tela”, protestou o pai da criança. 

O pai declarou que não vai cruzar os braços diante da situação e vai até o Ministério Público (MP-BA) fazer uma denúncia. O sepultamento de Lauan aconteceu no fim da tarde de segunda-feira (19).

Bahia Notícias / Foto: Montagem/Jacobina Notícias

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.