Header Ads

Salvador: Casal é executado em veículo Uber no bairro do Uruguai


O pequeno congestionamento causado por um caminhão em um cruzamento de ruas no Uruguai foi a oportunidade que um grupo de criminosos esperava para executar um casal dentro de um VW Gol branco na tarde da última terça-feira, 13. O carro era conduzido por um motorista do aplicativo Uber.

“Parecia cena de filme. O carro branco estava parado e, de repente, três portas do carro cinza que estava atrás se abriram, três homens armados saíram e começaram a atirar nos vidros de trás do carro branco. Deram muitos tiros”, afirmou uma testemunha.

A cena descrita ocorreu no cruzamento entre as vias vila Raimundo e a rua Rita Nuno. Anderson Damasceno Correia, de 24 anos, e Ana Paula de Azevedo Lima, 25, eram os passageiros do VW Gol. Apenas o casal foi atingido pelos projéteis.

Após o ataque, o motorista do Uber levou Anderson e Ana Paula ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde Anderson já chegou morto. Ele levou um tiro no lado esquerdo do tórax. Já Ana Paula, que levou dois tiros nas nádegas, morreu minutos após dar entrada no hospital.

“Todos os bandidos estavam com brucutus e armados com pistolas. Eles só foram embora depois que descarregaram as armas”, contou outra testemunha que disse, ainda, que um dos atiradores usava uma camisa com estampa de camuflagem do Exército.

Outro vestia uma camisa na cor branca e o outro na cor amarela. O motorista do Uber disse aos policiais do posto da Polícia Civil do HGE que voltava de uma corrida com dois casais, sendo que ele deixou um na Av. Barros Reis, e seguiu com Anderson e Ana Paula. No Uruguai, o VW Gol foi fechado por três carros. Segundo o relato do motorista do Uber, um veículo parou em frente ao carro e os demais atrás.

Em seguida, alguns indivíduos encapuzados saíram dos veículos e atiraram várias vezes para dentro do VW Gol branco. O caso está sob investigação da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/ Baía de Todos os Santos) do DHPP.

Menos de duas horas antes do crime no Uruguai, outro casal foi executado a tiros dentro de uma residência na Rua Mandacaru, no bairro de Itapuã. A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que Janderson Adriano Cerqueira Lopes, 25, e Lígia Santos de Souza, 21, foram mortos a tiros por homens encapuzados que chegaram ao local em um carro branco. Além disso, as investigações desenvolvidas até então não apontam relação entre as execuções dos dois casais.

A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.