Header Ads

Chacina deixa 5 mortos após baile funk no Rio de Janeiro


Uma chacina em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, deixou cinco pessoas mortas na madrugada deste sábado, 28. Segundo a Polícia Civil, a principal hipótese é de execução. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

Segundo testemunhas, as vítimas haviam saído de um baile funk. Elas estavam em um carrinho de lanches na Praça Governador Paulo Torres, na Vila Operária, no momento em que um carro, ocupado por homens encapuzados, passou atirando em direção ao grupo.

Os cinco morreram na hora. As vítimas eram três homens de 19, 35 e 46 anos e duas mulheres de 37 e 49 anos. Para a Polícia Civil, responsável por investigar o caso, a dinâmica do crime indica uma execução.

Violência. De manhã, o sargento Carlos Eduardo Gomes Cardoso, de 36 anos, foi morto durante uma operação na comunidade Bateau Mouche, em Jacarepaguá. Ele chegou a ser levado ao hospital Lourenço Jorge, na Barra, mas não resistiu aos ferimentos. Com o caso, subiu para 40 o número de policiais militares mortos no Rio neste ano.

Na noite anterior, um tiroteio na zona norte do Rio havia deixado duas crianças baleadas. Policiais que patrulhavam a Avenida O confronto teria começado após criminosos atacarem policiais que patrulhavam a Avenida Marechal Rondon, próximo ao Morro do Quieto.

Em seguida, policiais foram informados que duas crianças haviam sido socorridas por moradores, vítimas de disparos. Populares interditaram a via e ao menos um ônibus foi incendiado e outro apedrejado.

Fonte: Estadão

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.