Header Ads

STF autoriza abertura de processo e Aécio Neves vira réu


A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (17), que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) deverá se tornar réu no inquérito que apura as delações de empresários do Grupo J&F. A denúncia foi oferecida pela Procuradoria-Geral da República, e foi julgada pelos ministros Marco Aurélio Mello (relator do caso), Rosa Weber, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Alexandre de Moraes. 

Aécio é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de pedir e receber R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, um dos donos empresa J&F, de maneira ilícita. O tucano também é acusado de intervir nos bastidores do Congresso para atrapalhar as investigações. Aécio nega as acusações e diz que o dinheiro seria um empréstimo feito de maneira lícita.

Os cinco ministros votaram pela abertura de processo contra o senador na denúncia de corrupção passiva. Já na denúncia do crime de obstrução de justiça, apenas o ministro Alexandre de Morais votou contra, ficando o placar em 4x1 contra o senador. Aécio Neves passa a ser réu nos processos que apuram crimes de corrupção passiva e obstrução de justiça.

Fonte: Jacobina Notícias

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.